A ANTIGA CASA MARTINICO

A Casa Martinico por volta de 1910 (in http://www.usp.br)

PRAÇA ANTONIO PRADO, 48
ATUAL B3
PROJETO E CONSTRUÇÃO DE FRANCISCO DE PAULA RAMOS DE AZEVEDO, 1904-6

Neste terreno esteve até 1903 a oitocentista Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos. O edifício, também conhecido como Palacete Martinico Prado, foi batizado em homenagem a Martinho da Silva Prado Junior, empresário nascido em meados do século XIX e representante da fina flor da elite cafeeira paulistana, além de irmão do todo-poderoso Antonio da Silva Prado, o Conselheiro Prado, primeiro prefeito da São Paulo republicana.

A Casa Martinico foi o primeiro edifício de escritórios da cidade. Ali estiveram as sedes da Light and Power (a partir de 1907), do Automovel Clube de São Paulo e do jornal O Estado de São Paulo – este último, de 1906 a 1929. Também ali esteve instalada, a partir de 1930, a sede paulistana do The National City Bank of New York – futuro Citibank.

Em finais da década de 1920 o banco promoveu uma grande reforma que descaracterizou totalmente o prédio e conferiu-lhe as feições atuais. Vista na imagem de entrada desta postagem, a fachada eclética original, profusamente ornamentada, deu lugar a uma fachada de linhas retas, que flertava com o art déco norte-americano tão em voga.

O prédio nova-iorquino da Broadway (in http://daytoninmanhattan.blogspot.com/)

São gritantes as semelhanças estilísticas do prédio paulistano com a filial nova-iorquina do banco, projetada em 1927 pelos arquitetos Alexander Stewart Walker e Leon Narcisse Gillette, ainda hoje de pé no número 415 da Broadway e hoje abrigando a loja de departamentos Le Board. Ambas as construções compartilham sobre a porta principal de acesso a mesma cartela protegida por duas águias-americanas. Ambas hoje igualmente carecem do medalhão original do banco, em metal, no qual uma águia americana aparecia entre dois homens – um branco e um índio -, como pode ser visto também aqui.

São art déco ainda os numerosos baixos-relevos retangulares dispostos em toda a fachada principal entre o segundo e o terceiro pavimentos do edifício. Sendo ele um dos mais importantes imóveis comerciais da cidade, não podia deixar de trazer em sua fachada outra referência ornamental senão um estilizadíssimo Mercúrio envolto em feixes de luz que parecem anunciar a Modernidade.

Por hoje é só. Clique aqui para dar uma espiada no prédio atual via Google Street View.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: